/> Tanqueiros em MG estão em “estado de greve”, mas sem paralisações ou bloqueios

Galeria

Tanqueiros em MG estão em “estado de greve”, mas sem paralisações ou bloqueios

Foto Ilustrativa
Segundo o Minaspetro tomou conhecimento do comunicado que circula em mensagens no Whatsapp, dando conta que o Sindicato dos Transportadores de Combustíveis e Derivados de Petróleo do Estado de Minas Gerais (Sindtanque-MG) declarou “estado de greve” a partir desta quinta-feira, 7 de junho.


Conforme apurado pela Assessoria de Comunicação do Minaspetro, até o momento não há nenhum tipo de paralisação ou bloqueio do acesso às refinarias e bases distribuidoras. Neste caso, o estado de greve significa um alerta, comunicando que a categoria pode parar a qualquer momento caso as pautas reivindicadas não sejam atendidas.

O principal pedido dos transportadores de combustíveis é para que o governador Fernando Pimentel revise, imediatamente, o ICMS de todos os combustíveis no estado, especialmente o do óleo diesel, uma vez que o movimento de redução já aconteceu no Rio de Janeiro e em outros estados da Federação.

O temor do Sindtanque-MG é que, com a alta diferença do preço do ICMS para os outros estados, a categoria perca oportunidades de trabalho no estado. Segundo o diretor José Geraldo, um comunicado foi enviado ao governador para uma reunião nos próximos dias. “Estamos esperando uma posição para a gente ir lá conversar. O governo federal está fazendo a parte deles, agora falta o estado também”, disse.

Geraldo aproveitou para esclarecer que “este estado de greve não tem nada a ver com o movimento dos caminhoneiros”.

ASCOM Minaspetro

Postagem em destaque