Gilmar é suspeito de ter abusado do filho e da criança ( Foto: Reprodução/Web )
O empresário Gilmar Luis dos Santos de 48 anos está sendo procurado pela Polícia Civil por ter abusado sexualmente de sua enteada, de 4 anos, e do próprio filho, de 16 anos. Os abusos teriam ocorrido em um bairro na Região da Pampulha, em BH. A garota é deficiente física, pois teve uma perna amputada ainda quando bebê.


A mãe das vítimas contou que descobriu os crimes após observar a filha brincando com uma boneca. Ela viu a garota fazendo gestos como se estivesse masturbando o brinquedo.
Após isso, a mãe questionou onde a criança havia aprendido a brincadeira. A garota respondeu dizendo que o homem havia feito isso com ela, mostrando à mãe a região da genital, onde o suspeito teria passado a mão. A menina ainda disse que o crime havia ocorrido várias vezes e que “ardia e doía”.
Quanto ao jovem de 16 anos, os abusos foram relatados por ele à Polícia Civil. Segundo o adolescente, os crimes teriam ocorrido dos 7 aos 12 anos de idade, enquanto a mãe estava separada do suspeito.
A mulher relatou que foi casada com Gilmar por 13 anos e se separou dele em 2011. Entretanto, eles continuaram como vizinhos. A menina é filha de um relacionamento posterior à separação. Em 2017, eles reataram o casamento.
“Ele sempre demonstrava carinho por ela. A menina era louca por ele, chamava ele de pai do coração. Ele detinha a minha total confiança”, disse a mãe da criança. A mulher saia para trabalhar e deixava a filha em casa com o suspeito. A suspeita é de que os abusos aconteciam neste período.


O homem é empresário e trabalha viajando desde que foi informado sobre as suspeitas de ter cometido o crime, ele está desaparecido. Ele já é considerado pela Polícia Civil como foragido.

Com informações do Portal BHAZ