O desabafo de uma estudante de medicina sobre ter sido agredida pelo ex-namorado viralizou pelas redes sociais nos últimos dias. A repercussão relacionada ao caso fez com que o rapaz apontado como o autor das agressões perdesse o título de Mister Juiz de Fora. Felipe Guzzo, de 22 anos, foi eleito como representante da cidade na Zona da Matas em maio. No entanto, acabou deposto. A coordenação do concurso confirmou a decisão nessa sexta-feira (6).


Eveline Barros, ex-namorada de Guzzo, contou por meio do Facebook que foi agredida a poucos metros da delegacia da cidade onde vive, São Leopoldo (RS), e que já foi vítima do rapaz antes. O post acompanha uma foto em que ela aparece com o olho esquerdo bastante machucado. Mais de 1,5 mil pessoas reagiram à publicação, que também conta com centenas de comentários.

Além de denunciar o ex-namorado, Eveline incentivou mulheres a não se calarem diante de agressões como as sofridas por ela. “Tento servir de exemplo para quem está a minha volta, para as minhas pacientes vítimas de agressão e, agora também, para as pessoas que estão lendo essa publicação. DENUNCIEM! NãO SE CALEM!”, completou ao fim do desabafo.
Felipe Guzzo perdeu o título de Mister Juiz de Fora após ser denunciado por agredir a ex-namorada (Reprodução/Facebook)
“Na ocasião dessa foto eu estava a metros da delegacia da minha cidade sendo espancada por esse indivíduo, que me fez tomar banho e vestir a sua camisa porque eu me encontrava toda ensanguentada depois dele ter quase me matado”, escreveu a universitária em um trecho.

Por meio de nota, o comitê responsável pela organização do Mister Juiz de Fora explicou que, após a denúncia de Eveline, ficou evidente que Guzzo descumpriu várias cláusulas do regulamento da competição. “(…) o candidato Felipe Guzzo eleito em concurso no dia 30/05/2018, está DEPOSTO do título em questão. Deixando assim de ser o representante oficial de Juiz de Fora para o Mister Minas Gerais CNB 2019. Atenciosamente, a Coordenação”.