Mulher que arremessou a garrafa foi presa; ela disse que alvo não era a jovem estudante

A estudante foi atingida no pescoço por estilhaços de uma garrafa de vodka
O que deveria ter sido uma noite de diversão com as amigas na festa agropecuária de Rio Pomba, na Zona da Mata, acabou em fatalidade para a jovem Vitória Aparecida Vieira, de 18 anos. 



A estudante foi atingida no pescoço por estilhaços de uma garrafa de vodka arremessada durante o evento na madrugada de sábado (25). Quem cometeu o crime foi uma outra mulher, de 20 anos, que contou que Vitória não era o alvo da ação. 

De acordo com a Polícia Militar, ela contou que arremessou a garrafa de vidro em direção a uma outra mulher, ex-namorada do rapaz com quem a autora vinha mantendo um relacionamento. O objeto, no entanto, atingiu a cabeça de um outro rapaz, se quebrou, e parte dos estilhaços cortaram o pescoço de Vitória. 

O jovem que foi atingido na cabeça ficou ferido, mas foi socorrido e está fora de perigo. As amigas de Vitória viram o momento em que ela foi atingida. Elas tentaram socorro em uma barraca de bebidas próxima ao palco do evento. Policiais Militares estavam nos arredores e rapidamente providenciaram uma ambulância. 

Ela foi levada para o hospital da cidade, mas não resistiu. Câmeras de segurança A polícia chegou até a autora depois de analisar as imagens das câmeras de segurança do parque de exposições. Nas imagens que a corporação teve acesso, é possível ver o momento em que a autora pega uma garrafa que estava nos braços de um amigo e arremessa. Imediatamente as amigas de Vitória, desesperadas, começam a procurar por socorro.



 Os militares localizaram os envolvidos e foram até a casa do namorado da autora. Ela foi encontrada no local e confessou que arremessou a garrafa em direção à ex-namorada do companheiro. Ela foi detida e encaminada para a delegacia da cidade.

Informações O Tempo