Últimas Notícias

PF desarticula esquema que vendia moedas falsas pela web e app

Foto: Divulgação / PF
A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta quarta-feira (3) a Operação "Dinheiro Fácil" para combater a fabricação e venda de falsas moedas em Minas Gerais. O esquema criminoso, conforme as investigações, ocorria por meio de redes sociais e aplicativos de mensagens instantâneas, como o WhatsApp. Uma mulher foi presa em flagrante.


Na ação, a PF cumpriu três mandados de busca e apreensão em Belo Horizonte, Igarapé e Vespasiano, sendo essas duas últimas localizadas na Região Metropolitana. Foi apurado pela PF que a quadrilha oferecia as cédulas falsas via web.
"Os investigados declaravam tratar-se de notas de ótima qualidade e que teriam passado em testes de autenticidade. As cédulas falsas eram encaminhadas pelo correio aos interessados, após depósito bancário em favor do falsário", explicou a corporação.
Durante o operação foram apreendidos simulacros de cédulas que podem ter servido de matriz para a fabricação das notas falsas, além de uma cédula falsa de R$ 100 e mídias. A mulher presa em flagrante, segundo a PF, poderá ser indiciada pelos crimes de moeda falsa e de petrechos para falsificação de moeda, cujas penas somadas podem alcançar 18 anos de prisão.


O material apreendido será analisado para identificar a participação de outros integrantes do grupo criminoso.

Nenhum comentário