Últimas Notícias

'Dose zero' contra o sarampo começa nesta quinta-feira, em Minas

Marcelo Camargo/Agência Brasil
A partir desta quinta-feira, bebês de seis meses a 1 ano devem ser vacinadas contra o sarampo em todo o país. De acordo com recomendação do Ministério da Saúde, a vacinação é preventiva e deve alcançar quase 1,5 milhão de bebês. A vacina é direcionada a menores que não receberam a dose extra, além das previstas no calendário nacional de vacinação (12 e 15 meses).


Em Minas Gerais, a meta é vacinar 130 mil bebês nessa idade. Até então, a vacina era oferecida gratuitamente somente para crianças a partir dos 12 meses. Apesar de o Estado não ter registrado epidemia da enfermidade,  segundo a Secretaria de Estado de Saúde, neste ano, quatro casos foram confirmados e 51 estão em investigação.  

Em Belo Horizonte, a UPA Centro-Sul foi reaberta após suspender atendimento por ter recebido um paciente que chegou do estado de São Paulo com suspeita da doença. A unidade foi reaberta após desinfecção do local e verificação da cobertura vacinal de todos que tiveram contato com o paciente que pode ter a doença.

O paciente que estava com os sintomas do sarampo foi encaminhado para uma unidade hospitalar especializada em tratamento de doenças infecciosas.

Segundo dados do Ministério da Saúde, o país registrou entre 19 de maio a 10 de agosto deste ano, 1.680 casos confirmados de sarampo, em onze estados. 

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o número de casos de sarampo no mundo aumentou cerca de 300% somente no primeiro trimestre deste ano em comparação ao mesmo período de 2018. Foram registrados mais de 112 mil casos de sarampo em 170 países nos três primeiros meses de 2019. A entidade informou que os recentes surtos da doença causaram muitas mortes, principalmente de crianças.


Sintomas

Os sintomas iniciais do sarampo são febre acompanhada de tosse persistente, irritação nos olhos, coriza, congestão nasal e mal estar intenso. Após estes sintomas, há o aparecimento de manchas avermelhadas no rosto, que progridem em direção aos pés, com duração mínima de três dias. Copyright © 2019, Toni Oliveira - Minas em Foco  com Agências de noticias . Todos os direitos reservados )  

Nenhum comentário