Últimas Notícias

Psicóloga desenvolve programa inédito de emagrecimento

Intitulado “Finalmente Leve”, o método inovador ajuda pacientes a emagrecer sem segredos ou dietas malucas

Foto: Divulgação
Uma pesquisa feita pelo Ministério da Saúde em 2017, apontou que 53% da população brasileira está com excesso de peso e 45,8% praticam atividade física insuficiente. Tais dados estão ligados à nossa má alimentação e a falta de exercícios, dentre vários outros fatores, mas o que muita gente não sabe, é que a nossa mente pode ser um dos impeditivos da perda de peso e de uma vida mais saudável.



A psicóloga clínica, especialista em saúde, focada em emagrecimento, nutrição emocional e comportamental, Dra. Daiana Peixé, constatou que todos nós temos uma emoção determinada, que sempre prevalece, e que ela está não só ligada com os nossos hábitos alimentares como pode prejudicar o nosso processo de emagrecimento. Foi aí que nasceu o FinalMENTE Leve. “Foram anos de atendimento e observação, até chegar no protocolo perfeito. 

Foto: Divulgação
O FinalMENTE Leve é um programa inédito de emagrecimento, embasado nos 4 pilares da saúde integrativa sistêmica: saúde mental (pensamentos e comportamentos); saúde emocional (emoções e sentimentos); saúde física (corpo alimentação e exercícios); e saúde espiritual (essência, autoconhecimento, harmonia, abundância e vida plena)”, explica a terapeuta.

A psicóloga explica ainda, que é através da chamada visão holística - que procura compreender os fenômenos na sua totalidade e globalidade -, que o sujeito é reequilibrado trabalhando a consciência alimentar, mudanças de hábitos, crenças limitantes e os famosos “boicotadores”. 

Foto: Divulgação
Assim, consegue, aos poucos, ressignificar suas emoções e comportamentos que acabam levando ao sobrepeso. “O protocolo é um passo a passo estruturado a partir da análise comportamental, escolhas alimentares e emoções latentes de cada indivíduo. Após diagnosticar a chamada emoção guia, é possível trabalhar as mudanças no mindset do paciente”, complementa.



O método pode ser aplicado em pacientes a partir dos 10 anos, e as sessões podem ser tanto presenciais quanto on-line, com duração de 1h, estruturadas em modo game thinking, os pacotes iniciam com o mínimo de 10 sessões. Para finalizar Daiana explica ainda, que emagrecer é muito mais complexo do que a simples redução calórica. 

É ter consciência alimentar e intuitiva, equilibradas com os 4 pilares da saúde, ou seja, emagrecer é o resultado das suas escolhas diárias. “Você aprende a trabalhar com a raiz do seu problema, que são as emoções. Além de aprender como reconhecer e controlá-las, conseguirá diferenciar fome emocional da fisiológica, e assim ter um corpo magro, uma vida mais saudável e sem culpa”, avalia.(Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial do trabalho sem autorização.)

Nenhum comentário