Últimas Notícias

Diagnosticada com lúpus, ex-modelo de Pouso Alegre e Fã de Sandy e Junior vai sozinha a show da dupla em Porto Alegre

Karina com o disco Tô Ligado em Você Foto: Arquivo pessoal / Karina Souza
No próximo fim de semana, a estudante de Psicologia, Karina Souza, vai, enfim, realizar o maior sonho de sua vida. Ela vai sair de Pouso Alegre, atravessando cerca de 1.275 quilômetros, sozinha, em direção ao show de Sandy e Junior da turnê "Nossa história", em Porto Alegre, que acontece sábado (21), na Arena do Grêmio. Além de assistir ao show, ela também foi escolhida pela produção para conhecer os ídolos no camarim. Mas essa não é uma simples viagem para ir a um show, e sim uma verdadeira jornada de superação. Jornada essa que tinha tudo para não ter um final feliz. Mas graças aos sonhos, ao amor por Sandy e Junior, e à força de vontade de Karina, está tudo saindo mais do que certo. ( As informações são do Extra Globo )


Diagnosticada com lúpus há oito anos e, mais recentemente, com miastenia gravis, uma doença rara - ocasionado por conta do lupus -, que traz como consequências crises de fraqueza, cansaço e dores súbitas em várias partes do corpo, Karina já esteve internada à beira da morte, em coma, e recebeu, inclusive, um diagnóstico terminal. Em uma das cirurgias que fez, o médico chegou a anotar a hora da morte. Karina esteve "morta" por dois minutos e acordou no último instante. Por conta de tudo isso, passou muitas dificuldades de saúde e emocionais.
Karina com a médica, que também é fã de Sandy e Junior Foto: Arquivo pessoal / Karina Souza
Quando as crises chegam, eu não consigo respirar, não consigo engolir, comer, falar... Nada! Na minha vida rotineira, não posso me exercitar e tenho que ter cuidado com fortes emoções. Por conta dos diagnósticos, eu tomo vários medicamentos por dia e uma vez por mês me interno para fazer um tratamento. É o que a minha médica fala: um dia de cada vez — conta ela, que tem Sandy e Junior como inspiração para superar todos esses desafios.
Obstinada, ela vai respirar fundo e partir para essa verdadeira odisseia no sábado bem cedo. Ao chegar em Porto Alegre, receberá a solidariedade de algumas pessoas que descobriram sua história na internet e se comprometerem a recebê-la no aeroporto. A família e a médica - que também é muito fã de Sandy e Junior - estão muito preocupados por sua saúde. Mas nada pode impedir Karina.
— Eu vou sozinha e com muita confiança. Minha família está preocupada, estão de cabelo em pé (ri)... A minha médica ia comigo, mas infelizmente não vai poder por conta de compromissos profissionais. E minha mãe não tem condições financeiras. Reservei um hotel e volto no domingo à noite. Tenho a total certeza de que tudo vai dar certo. Minha família me incentivou muito. "Não tem como te impedir porque eu sei que é o seu sonho", disse a minha mãe. E é isso mesmo. Vamos rezar e sei que vai dar tudo certo — diz, emocionada.


Karina sorri e posa com as amigas Foto: Arquivo pessoal / Karina Souza
Karina enfrenta graves sequelas por conta das doenças. Quando recebeu o diagnóstico do lupus, ela passou incontáveis dias em casa sob repouso e teve que fazer quimioterapia.
— Fiquei um ano em casa. Só saía para ir ao laboratório coletar sangue. Eu escutava muito Sandy e Junior nessa época e assistia à série no YouTube para passar o tempo. Por conta de estar muito inchada, eu não conseguia andar, comer... Cheguei a pensar: por que sobrevivi? Aos poucos, fui me animando. Pedi para a minha mãe comprar muletas e comecei a andar em casa. Em um ano, já conseguia andar na rua. Depois disso, ainda estava muito debilitada emocionalmente por só ficar em casa. Mas me animei. Quis prestar vestibular, quis fazer Psicologia. Passei. Os médicos disseram que eu não ia conseguir e já estou quase terminando a faculdade — relata.
Ex-modelo, Karina viu seu corpo reagir à doença da pior forma. Ela chegou aos 144 quilos por conta do inchaço. As forças para erguer a cabeça e respirar fundo, encontrou nas músicas de Sandy e Junior. Há dois meses, quando veio o outro diagnóstico, Karina teve a certeza de que ia morrer.
 Assim que recebi a notícia da lúpus, tive uma hemorragia interna e fui parar na UTI. Nesse episódio, eu precisava ir para uma cirurgia, e segundo os médicos, não ia sobreviver. Eu me despedi de todo mundo: família e amigos. Lembro que pensei assim na UTI: não acredito que não vou conhecer Sandy e Junior. Há pouco tempo, me internei novamente em estado grave e fiquei em coma por dois dias. Lembro que acordei perguntando se estava morta, mas também pensava: "Eu preciso ir nesse show". A estratégia que usei para superar esse momento foi imaginar estar com Sandy e Junior. Entrei na UTI na terça e no sábado já estava no quarto — diz.
Karina chegou a pesar 144 quilos por conta da doença Foto: Arquivo pessoal / Karina Souza
Dramas superados e ansiedade lá no alto


A poucos dias do show, Karina Souza aguarda com ansiedade o momento em que conhecerá os ídolos.
— No dia que eu soube que iria ao camarim, eu tinha saído com a minha cunhada e comentei com ela: "acho que não vai rolar o camarim". Quando cheguei em casa, vi a mensagem. Foi uma das maiores emoções da minha vida. É como se tivesse passado um filme na minha cabeça de tudo o que vivi. Preciso me controlar, pois não posso viver fortes emoções. Vai ser lindo — conclui.
A turnê "Nossa história"
Show da turnê 'Nossa história' no Rio de Janeiro Foto: Roberto Moreyra / Agência O Globo
Está chegando ao fim a turnê "Nossa história". Sandy e Junior se apresentam em Porto Alegre neste sábado (21) e depois partem para duas apresentaçõs internacionais: em Portugal (6 de outubro), e em Nova Iorque (2 de outubro).
Veja também: Curta a pagina do Minas em Foco, e fique bem informado com as principais noticias?

De volta ao Brasil, a dupla se apresenta mais duas vezes em São Paulo, nos dias 12 e 13 de outubro, e encerram a turnê com um mega-show no Parque Olímpico, Rio de Janeiro, no dia 09 de novembro. Para esta última apresentação, são esperadas cerca de 90 mil pessoas e ainda há ingressos à venda. A expectativa total de público da turnê é de cerca de 500 mil pessoas. ( É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo sem prévia autorização do  Editora Globo S/A)
Portal Minas em Foco - Jornalismo

Nenhum comentário