Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS
A Câmara Municipal de Pouso Alegre aprovou, na noite desta terça-feira (10), o projeto de lei que proíbe os fogos de artifício na cidade. O projeto que foi aprovado por 13 votos, precisa passar pela segunda votação.


De autoria do vereador Campanha (Pros), o projeto 7409/2018 proíbe o manuseio, a utilização, a queima e a soltura de quaisquer artefatos pirotécnicos que produzam ruídos em espaços públicos e privados e, sem a possibilidade de licença especial.

O objetivo, segundo a Câmara Municipal, é evitar os efeitos nocivos dos fogos de artifício a pessoas especiais, crianças, idosos e animais.

Polémica
Uma lei municipal de 1988 e regulamentada pelo prefeito Rafael Simões, após 31 anos, nesta ultima segunda-feira (9), que proíbe a queima e a soltura de fogos de artifícios e artefatos pirotécnicos com potencial de produzir danos à saúde e a vida em espaços públicos em Pouso Alegre, permite a queima de fogos em eventos culturais e religiosos, mediante uma autorização prévia


Com o novo projeto 7409/2018, aprovado em primeira votação nesta terça e,  se passar pela segunda votação e sancionado pelo prefeito, passará a ser proibido a soltura de fogos em eventos culturais e religiosos e, sem a possibilidade de licença especial.Por Toni Oliveira @jornalistatonioliveira ) É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo.