Header Ads

Últimas Notícias

Projeto quer punir com multa quem passar trote a serviços de emergência em Minas Gerais

Shutterstock®
Por Toni Oliveira @jornalistatonioliveira

Foi na terça-feira (17) na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), o Projeto de Lei n° 1379/2019, de autoria do deputado estadual Coronel Sandro (PSL), que estabelece a aplicação de multa administrativa, de até três salários-mínimos, àquele que acionar indevidamente os serviços telefônicos de atendimento a emergências, como o SAMU, corpo de bombeiros, policiais, entre outros, no Estado de Minas Gerais.



Para o deputado, o trote é uma conduta reprovável e traz prejuízos incalculáveis tanto para o poder público quanto para a população em geral. A prática mobiliza desnecessariamente recursos que têm alto custo para a sociedade. “Creio que com esse Projeto, Minas Gerais dará um passo no sentido da conscientização dos cidadãos a essa atitude negativa e que infelizmente vem crescendo em nosso estado”, comentou Coronel Sandro.

As falsas comunicações feitas ao SAMU (192), Emergências da Central Integrada de Atendimento e Despacho – CIADE referente a atuação da Polícia Militar (190), Corpo de Bombeiros (193), Detran (199) e à Defesa Civil (112) serão coibidas com a aprovação deste Projeto.