Atenção especial tem sido dada ao bairro pouso-alegrense após moradores da região contraírem a doença

© Divulgação / Prefeitura 
Agentes de endemias de Pouso Alegre intensificaram as ações no bairro São Cristóvão para combater possíveis focos do mosquito da dengue. Após a confirmação de dois casos da doença em moradores do bairro, profissionais têm realizado visitas de casa em casa para orientar a população sobre medidas de prevenção.

 “Fala sobre os vasinhos de planta, baldes, entulhos que tem no quintal, a gavetinha da geladeira, plantinha aquática, brinquedinho de criança”, afirma a agente de endemias Maria do Carmo de Souza.

Além da orientação, funcionários do setor da saúde visitam residências para aplicar o “fumacê” (uma solução de inseticida e óleo mineral na forma de uma fumaça esbranquiçada) que busca acabar com possíveis focos e também com o mosquito transmissor da dengue.


As medidas visando à segurança dos moradores foi bem recebida, principalmente em um momento em que o grande assunto entre a população são os cuidados com a saúde. “Muito importante mesmo. Porque se tiver algum foto, alguma coisa, pelo menos fica eliminada a dengue. Todo mundo seguro, graças a Deus”, afirma Dona Maria, moradora do bairro São Cristóvão.

Outras regiões da cidade também devem ser atendidas pelos agentes de endemias. Apesar disso, a Prefeitura Municipal reforça a campanha que tem desenvolvido no combate à doença, a “Xô Dengue”, que incentiva os pouso-alegrenses a manterem suas casas limpas aproveitando-se do momento em que estão em casa por conta do isolamento social devido à pandemia de coronavírus.





Informações e fotos Ascom - Prefeitura