O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), sancionou, nesta quinta-feira (2), seis projetos de lei que haviam sido aprovados na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) para o enfrentamento ao coronavírus em Minas. 

Entre eles, estão a liberação imediata de cerca de R$ 300 milhões, a autorização para que o Estado determine isolamento compulsório e a garantia de fornecimento de água, luz e telefone aos cidadãos, mesmo que haja inadimplência.


Zema também validou a convocação extraordinária de militares da reserva da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros para auxílio emergencial em casos de calamidade pública e a consolidação das regras para o estado de calamidade, definidas a partir de 148 propostas que tramitavam na Assembleia.


O texto aprovado regulamenta ações na área da saúde, medidas administrativas, ações de suporte à atividade econômica, proteção aos consumidores e a grupos sociais mais vulneráveis.