© Jornal Jogo Sério
Um sequestro terminou em tragédia em Guaxupé, no Sul de Minas. O gerente da agência do Banco do Brasil da cidade foi morto com um tiro na cabeça durante assalto, na manhã desta quarta-feira (20). Um dos suspeitos também morreu após troca de tiros com a polícia.  


De acordo com a Polícia Militar, o gerente da agência, a esposa e um filho foram feitos reféns pelos assaltantes em casa, por volta das 8h. 

Enquanto um grupo ficou no imóvel com a família, o gerente foi até a agência bancária, no centro da cidade, com a outra parte da quadrilha. 

Por volta de 8h30, seguranças e funcionários do banco que iam trabalhar acionaram a polícia. Após a chegada das viaturas, um dos criminosos atirou no gerente. Na saída da agência, houve troca de tiros com os policiais e um dos integrantes da gangue foi baleado. 


O gerente e o suspeito foram levados pelo Corpo de Bombeiros à Santa Casa de Guaxupé, mas não resistiram. A esposa e os filhos da vítima foram liberados próximos a um clube do município, na divisa com a cidade Guaranésia.