Header Ads

Últimas Notícias

Menina de 15 anos é estuprada e asfixiada no interior de Minas

© Redes  Sociais 
O corpo da adolescente Maria Eduarda Aparecida Silva, de 15 anos, foi encontrado pela polícia neste último domingo (7), em Formiga, Minas Gerais. A jovem estava desaparecida desde o dia 2 de junho quando saiu para encontrar uma amiga. As informações são do jornal O Tempo.


De acordo com a polícia, Maria Eduarda foi assaltada por um usuário de drogas no meio do caminho. Além do roubo, o homem, de 26 anos, decidiu perseguir a menina e a obrigou a entrar em uma mata, onde ela foi estuprada e estrangulada, com o próprio casaco, até a morte.

O suspeito foi identificado por meio de câmeras de segurança e detido na manhã desta segunda-feira (8). Em depoimento à polícia ele confessou o crime e afirmou que escolheu a vítima de forma aleatória. O corpo de Maria Eduarda passou por exames e a polícia concluiu que ela tinha sido estuprada.


Ainda segundo a polícia, o suspeito vendeu o celular da adolescente após o crime. O homem já possui passagens por crimes de furto e roubo. Ele vai responder pelos crimes de latrocínio – roubo seguido de morte – com pena de 12 até 30 anos de prisão e estupro cujo a pena é de 6 a 12 anos. As penas podem ser aumentadas por qualificadoras como matar por motivo fútil.

De acordo com o jornal O Tempo, após receber a notícia de que o corpo da filha foi encontrado, a mãe de Maria Eduarda teve um infarto e precisou ser socorrida para o hospital. A mulher tem problemas de coração.