Header Ads

Últimas Notícias

Policia Federal investiga explosão de agência bancária em Pouso Alegre/MG



© PF
A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira, 17/6, a Operação POUSO FORÇADO, para combater furto qualificado, organização criminosa, tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo e munições.


Há um ano, uma quadrilha fortemente armada explodiu uma agência bancária em Pouso Alegre, fazendo pessoas de reféns e disparando diversos tiros a esmo. Após os crimes, o bando fugiu para o estado de São Paulo.

A Polícia Federal instaurou inquérito policial, para a apuração dos fatos, e as investigações levaram à identificação de um suspeito. A PF representou por busca e prisão, resultando em três mandados de busca e apreensão e um de prisão preventiva expedidos pela Justiça Federal em Belo Horizonte.


© PF
Os mandados estão sendo cumpridos em São Paulo/SP, com a apreensão de dinheiro, em reais e moedas estrangeiras, um fuzil, uma pistola, carregadores, um veículo de luxo, relógios, aparelho de telefone celular e diversas munições de calibres variados. Até o presente momento, o suspeito ainda não foi preso. Ele pode ser condenado a até 39 anos de reclusão.