Header Ads

Últimas Notícias

Polícia Militar de Minas irá abordar pessoas sem máscaras nas ruas em todo o Estado

© Getty Images
O governador Romeu Zema afirmou hoje (24) que a Polícia Militar irá fiscalizar o uso obrigatório da máscara em toda Minas Gerais, além de evitar aglomerações nos municípios mineiros.

O anúncio foi feito pelo Twitter no mesmo dia em que o Estado registrou recorde no número de mortes confirmadas por Covid-19 em 24 horas. Situações extremas pedem medidas também extremas.

Segundo a lei estadual, os comércios que autorizarem a entrada de comerciantes sem máscaras podem ter o estabelecimento interditado. 

De acordo com a Policia Militar, os policiais estão sendo orientados a conscientizar as pessoas que forem flagradas sem máscara ou aglomeradas em locais públicos. Contudo, não pode haver prisão se não houver uma lei municipal que determine punição para quem não estiver cumprindo essas medidas de prevenção contra propagação do novo coronavírus.


O comunicado também determina que haja orientações em caso de aglomerações registradas em todo o Estado. As novas orientações foram publicadas em uma rede social, no dia em que Minas Gerais bateu recorde de mortes confirmadas pela covid-19.

Secretaria de Saúde informou que doença matou 771 pessoas no Estado até o momento. Ainda segundo a pasta, de ontem para hoje, 1.446‬ pessoas receberam o diagnóstico positivo para o coronavírus no Estado. Com isto, o total de infectados saltou para 31.343. O documento também aponta que 18.255 mineiros diagnosticados com o novo vírus já são considerados curados.